Ciências da Terra e da Vida

Biologia

Hipogonadismo

Autor: Mara Marques
Mestre em Genética Molecular e Biomedicina

 

Data de criação: 07/04/2015;

Resumo: Apresentação do conceito de Hipogonadismo...
As hormonas sexuais, nomeadamente o estrogénio e a testosterona, quando não produzidas em quantidades suficientes e (...)

Palavras chave:  biologia

Para comentar ou colocar dúvidas sobre este artigo »»»

Conceito de Hipogonadismo

As hormonas sexuais, nomeadamente o estrogénio e a testosterona, quando não produzidas em quantidades suficientes e adequadas pelas gónadas podem levar a uma doença denominada Hipogonadismo. As gónadas são os ovários e os testículos das mulheres e homens, respetivamente. No caso dos homens, o Hipogonadismo pode afetar a produção de espermatozoides. Para as mulheres, poderá ocorrer dificuldades em engravidar em consequência de problemas na produção e libertação de óvulos. As causas mais comuns de Hipogonadismo são a obesidade, particularmente em homens, infeções e traumas físicos. A utilização de drogas, nomeadamente, em quimioterapia ou derivados do ópio, e drogas ilícitas podem também levar a Hipogonadismo, tanto em homens como mulheres. Outras causas podem ser doenças genéticas, como a síndrome de Turner (em mulheres), alterações hormonais ou outras causas menos comuns. O Hipogonadismo pode ser de vários tipos consoante o local onde ocorre o problema e o tempo em que surgiu a doença. Se o problema que causa Hipogonadismo for localizado nas gónadas denomina-se Hipogonadismo primário. Se for como consequência de um problema na hipófise é chamado Hipogonadismo secundário. O Hipogonadismo pode também ser denominada congénito ou adquirido se o paciente nascer com a doença ou a adquirir depois de nascer, respetivamente.

 

 

 

Procure outros termos na nossa enciclopédia
| A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z |